Sem dinheiro para o aluguel, grávida é despejada com filha de 1 ano - Tv Folha

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Sem dinheiro para o aluguel, grávida é despejada com filha de 1 ano



Grávida de cinco meses, a jovem Roseane Lima da Cruz, de 26 anos, foi despejada nesta terça-feira (15) com a filha de 1 ano e 4 meses. Desempregada e abandonada pelo pai dos filhos, a mulher juntou os móveis que tinha e está às margens da Avenida dos Sabiás, no bairro Xavier Maia, em Rio Branco.

Roseane relata que morava no Conjunto Andirá, mas foi retirada do local com os outros moradores e levada a Escola Padre Carlos Casavecchia onde permaneceu por um mês. Após isso, a Sehab encaminhou os moradores para outros locais com a promessa de que colocaria os moradores no Aluguel Social.

“Eu fui para o aluguel com outra mulher que também estava grávida. Duas pessoas estavam ajudando a pagar o aluguel, mas deixaram de pagar. O dono me deu até o dia 5 para eu conseguir o aluguel com a Sehab, mas não consegui e fui despejada. Agora estou na rua com a minha filha”, lamenta.

A Secretaria de Habitação do Acre (Sehab) afirmou que não levou Roseane para a escola e nem prometeu Aluguel Social. Conforme a secretaria, quem levou as famílias para a escola foi a Secretaria de Articulação Comunitária e Social (Semacs).

"A Sehab encaminhou relatório social à Casa Civil informando a situação, bem como a necessidade de inclusão da referida família no Programa Bolsa Moradia Transitória (PBMT). Sobretudo, devido aos critérios estabelecidos em lei, a Sehab não poderia atender famílias com o referido perfil, de modo que solicitou a inclusão dessa família no Aluguel Social por meio da Seds", informou a secretaria em nota.

Revoltada, ela afirma que se sente humilhada e vai sair do local somente após ter uma resposta definitiva da Sehab.

“Isso é uma humilhação. Eles disseram que a gente tinha ganhado o Aluguel Social e que faltava apenas a liberação, fui na Sehab várias vezes e nada resolvido. Quando foi hoje o dono do apartamento foi lá e me expulsou pois viu que não ia ser resolvido. Ele até já alugou a casa para outra pessoa”, conta.



G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário