Breaking

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Professora e marido são presos suspeitos de tentar matar filha adotiva de 12 anos



A Polícia Civil de Sorriso prendeu nesta quinta-feira  (14), um casal acusado de ter tentado matar a filha adotiva de 12 anos.

Segundo informações a menina chegou a ficar internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da capital por conta das agressões. A vítima está passando por acompanhamento psicológico.

O homem foi preso em casa quando se preparava para sair enquanto a mulher, professora, foi presa na escola onde trabalha.

O delegado que esteve à frente das investigações desde o ano passado, André Ribeiro, relembrou que, na época, a mãe adotiva e o padrasto alegaram que a garota tinha tentado suicídio com o fio de um ventilador.

O caso começou a ser investigado pela Divisão Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da delegacia de Sorriso, onde após ouvir diversas pessoas concluiu que o caso se trata de uma tentativa de homicídio.

A prisão preventiva dos suspeitos foi decretada pela comarca de Sorriso. Ambos devem responder por tentativa de homicídio.


Nortaonoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário